Atualizado: 04/05/19 ás 11h40min.

Edmar Lopes Vidal (31) teve a prisão preventiva decretada e foi detido na casa de familiares, situada no Bairro Santa Mônica em Uberlândia. Segundo o delegado Érico Rodovalho, através de investigações, os policiais identificaram que Edmar Lopes Vidal estaria escondido numa residência de familiares em Uberlândia. Com posses de mandados de prisão preventiva e busca e apreensão, as equipes da Polícia Civil de Patos de Minas e Uberlândia montaram uma operação com mais de 10 policiais para realizar a prisão do suspeito, considerado de alta periculosidade. Edmar foi detido e não reagiu a prisão. Apesar de realizar buscas no local, nada foi encontrado na casa. Após a prisão, Edmar foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas. A chegada das viaturas da Polícia Civil aconteceu já no meio da noite. Ao perceber que Edmar estava com os investigadores, outros presos que estavam no local começaram a gritar, bater nas celas e a ameaçar Vidal de morte. Eles disseram que Edmar teria matado inocente e ia pagar pelo que fez. O delegado disse também Edmar Lopes Vidal é conhecido no meio policial e é considerado de alta periculosidade. Ele possui diversas passagens pela polícia, inclusive por homicídio e tráfico de drogas. Segundo o delegado, Edmar chegou a ser preso no início do ano por porte ilegal de arma de fogo, mas havia ganhado liberdade pouco tempo antes da chacina. Vidal foi encaminhado para o Presídio Sebastião Satiro, onde ficará a disposição da justiça. Patos Noticias/ A VOZ DO POVO.

CURTIU ? Vai La Compartilhe Nosso Post No WHATS E Nas Redes Sociais

FAZER UM COMENTARIO