Atualizado: 19/04/2018.

O Governo do Estado de Minas Gerais repassou a diferença do ICMS da semana passada nesta terça-feira, 18 de abril, mas os valores do imposto referentes à cota-parte dos municípios mineiros do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) continuam sendo depositados com atrasos constantes. Do montante referente à transferência do dia 10 de abril, restam ainda 75% do valor do Fundo, o que representa R$ 117 milhões. Se somado aos valores desta terça-feira (17/04), em que também não foi recebido o repasse dos 75% devido ao bolo, representando R$ 303 milhões, a dívida total do Estado com os municípios de Minas Gerais, em relação aos repasses do Fundeb, chega a R$ 420 milhões. São constantes as cobranças da Associação Mineira de Municípios (AMM), em manifestos e movimentações, mas a falta de compromisso do governo com os municípios mineiros continua. “Os repasses do ICMS referentes ao Fundeb afetam diretamente a educação dos municípios. São recursos usados para o pagamento de profissionais do magistério e outras despesas de manutenção e desenvolvimento com o ensino dos municípios. Isso, com o não repasse do transporte escolar está inviabilizando a educação nos municípios mineiro. Um verdadeiro absurdo”, desabafa o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda. A VOZ DO POVO.

CURTIU ? Vai La Compartilhe Nosso Post No WHATS E Nas Redes Sociais

FAZER UM COMENTARIO