Atualizado: 08/01/19.

O caso foi mostrado em reportagens em vários veículos de comunicação sites e TV, de acordo com alguns pacientes, a direção do “Hospital São Lucas”, que atende pelo “SUS”, havia reduzido o tempo de “diálise dos pacientes”. As máquinas estariam estragadas prejudicando o atendimento, além disso, esses pacientes também reclamavam da falta de climatização no local. O caso chegou a ser levado ao “Ministério Público” que instaurou “INQUÉRITO CIVIL” para apurar as denúncias a “VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE PATOS DE MINAS” também fez uma fiscalização no setor de “NEFROLOGIA DO HOSPITAL”. Na época das denúncias o diretor financeiro da Fundação Educacional do Alto Médio São Francisco, arrendatário do “Hospital São Lucas”, “Patrick Teixeira”, confirmou que máquinas de “diálise” estariam com defeito e que providências já estavam sendo tomadas e que no máximo em 15 dias resolveria os problemas. Quanto à redução do tempo de diálise o diretor disse na ocasião que tudo estava sendo feito de acordo com orientação e supervisão médica. Edvar Santos/ A VOZ DO POVO.

CURTIU ? Vai La Compartilhe Nosso Post No WHATS E Nas Redes Sociais

FAZER UM COMENTARIO