Atualizado: 01/03/2021.

                    Nossos parabéns ao município de Cruzeiro da Fortaleza que completa nesta segunda- feira (01/03/2021) os seus 58 anos de emancipação política. O território que foi ocupado por fazendeiros vindos de Patrocínio e Santana de Patos com a finalidade de estabelecer fazendas de agricultura (arroz, feijão e milho) e criação de gado para engorda e abate. Já no ano de 1881, um dos fazendeiros o Sr. Antônio Luiz da Silva Leite, mandou erguer no largo, hoje a Praça do Santuário um alto cruzeiro de aroeira secular, dando-lhe o nome de Cruzeiro da Fortaleza. Pouco depois foi construído uma capela em louvor ao Sagrado Lenho, festejando-se o dia da Santa Cruz a (03) três de maio  o nome do município se originou desta passagem.

                 Em torno do Sagrado Lenho foi construídas algumas casas com finalidade de moradia e com a população infantil crescente o Presidente da Câmara de Patrocínio, manda construir e instalar uma Escola Rural. Até 1910 o povoado de Cruzeiro da Fortaleza pertencia ao município de Patrocínio, sem os foros de Vila Distrital. Segundo os dados constantes da divisão administrativa de 1911 o distrito de Cruzeiro da Fortaleza foi criado como parte integrante do município de Patrocínio na qualidade de distrito e tendo a sua Vila como sede e Cartório de Paz e Notas.

               Na época eram líderes da comunidade de Cruzeiro da Fortaleza o Sr. João Fernandes de Melo, Sr. Antônio Luiz da Silva Leite, Sr. Amâncio José da Silva, Sr. José Ferreira da Silva e Sr. Major Custódio Pereira. O povoado era formado por um grupo de famílias, entre elas: Antônio Luiz da Silva Leite, Antônio Fernandes de Melo, José Pereira Nunes, Antônio Ribeiro da Silva, Antônio Ferreira Côrtes, Diomar Corrêa Côrtes, Gustavo Leite, José Luiz Siqueira.

                O distrito foi elevado a categoria de Município, tendo como sede a cidade de Cruzeiro da Fortaleza e como distrito a Vila de Brejo Bonito a instalação de seu primeiro Governo foi em 1º de março de 1963 e seu primeiro administrador foi o Sr. José Ferreira da Silva, designado Intendente por (06) seis meses, até que se elegesse o primeiro Prefeito. A emancipação política de Cruzeiro da Fortaleza foi no dia 1º de Março de 1963, dia em que se comemora o Dia do Município.

A VOZ DO POVO.

Todos os direitos reservados ao Site A VOZ DO POVO – É proibido a reprodução deste conteúdo parcial ou total em qualquer meio de comunicação, sonoro, eletrônico ou impresso sem autorização por escrito.

Envie sugestões, imagens e informações para o nosso WhatsApp (34) 99904 – 2149.

                    Foto abaixo: Relíquia: notícia de jornal sobre o processo de desmebramento do distrito Cruzeiro da Fortaleza do município de Patrocínio – MG, início da década de 60.

                 Foto abaixo: Sr. José Ferreira da Silva, designado Intendente por (06) seis meses, até que se elegesse o primeiro Prefeito. A emancipação política de Cruzeiro da Fortaleza deu-se no dia 1º de Março de 1963, dia em que se comemora o Dia do Município.

Foto abaixo: Sede do município Cruzeiro da Fortaleza.

Foto abaixo: Distrito do município Brejo Bonito.

 

CURTIU ? Vai La Compartilhe Nosso Post No WHATS E Nas Redes Sociais

6 COMENTARIOS

  1. Parabéns a população de Cruzeiro da Fortaleza, pela data de aniversário de emancipação do município. Sou parente do Sr. Antonio Luis da Silva Leite, até onde sei, era de muita fé, assim com o Sr. Luiz Manuel Leite. Amo essa terra de Cruzeiro da Fortaleza, tenho amigos aí. Bonita homenagem ao Sr. José Ferreira da Silva, que era grande amigo do meu pai. Queria registrar aqui também o esforço do Prefeito Sr. Agnaldo Ferreira da Silva e do Secretário de Administração Cássio Caixeta, para manter a ordem e o progresso no município, apesar de toda sorte de dificuldades causadas pela pandemia de corona vírus. Fabiano gostei muito deste artigo referente a emancipação do município. Parabéns amigo, ficou excelente.

    • Olá,
      O primeiro prefeito democraticamente eleito pelo Município foi o Senhor José Pereira Nunes, que governou no período de 30.08.63 até 31.01.67. Juntamente com a eleição do Prefeito foi eleita à Câmara Municipal composta pelos vereadores: Mário Henriques da Silva, João de Melo Romão, Lázaro José de Almeida, Antônio Domingos dos Reis, Adão Luiz da Silva, Agibre Francisco Borges, Rafael Ferreira da Silva, Donatil Romão de Melo e José Batista Correia, este substituindo o vereador Mário Henriques da Silva.

  2. Cândida Corrêa Côrtes Carvalho - membro do Instituto Histórico e Geografico de Minas Gerais - fundadora e diretora do Jornal de Luz 40 anos de Circulação ininterrupta

    Eu assisti àinstalação do município de Cruzeiro da Fortaleza, minha Terra Natal. A cermônia oficial aconteceu na residência do Sr. Firmo Borges. Com a presença de líderes políticos da regiào, proncipalmente de Patrocínio, Cruzeiro da Fortaleza e Brejo Bonito. Dentre os oradores, meus irmàos Dr. Dirceu e Dr Onofre Corrêa Côrte, Dr Benedito Romão de Melo, o prefeito de Patrocínio e o Deputado Dr Lourival Brasil estava presente o jornalista Sebastião Elói da Gazeta de Patrocinio que registro o evento, inclusive o poema que declamei: Com quanto ardor e ufania/ Quer saudar neste dia/ Embora com singeleza/ A minha Terra querida / E penhor de minha vida/Cruzeiro da Fortaleza! …………..Para assim engalanar-te/ esmerou-se a naturez/ E por seres assim tão boa/ E que o bom Deus re abençoa/ Cruzeiro da Fortaleza!……………………………………… Dentre as demais personagens / que te exaltam com firmeza/ Ouve a minha Saudação/ Que é de culto e oblação / Cruzeiro da Fortaleza! (uma parte . Casei-me em 1959 quando deixei Cruzeiro, vim para Luz onde moro até hoje. Chegamos em Cruzeiro na hora da instalação. Quato ao topônimo, era apenas Cruzeiro, até então. Meu pai Diomar Corrêa da Costa fez uma pesquisa com paalavras cognatas de Cruzeiro. Pensou primeiro em Cruzília- já havia sido escolhida. Todos eram unânimes em não tirar o nome Cruzeiro. Papai deideia de anexar a Cruzeiro o nome do ribeirão Fortaleza. Todos concordaram e assi a nova cidade passou a chamar- se Cruzeiro da Fortaleza!

  3. Cândida Corrêa Côrtes Carvalho -membrodo Instituto Histórico e Geografico de Minas Gerais - fundadora e diretora do Jornal de Luz 40 anos de Circulação ininterrupta

    Agradecemos a oprtuna homenagem a nossa Terra Cruzeiro da Fortaleza

FAZER UM COMENTARIO