Por Agência Câmara de Notícias.

Atualizado: 12/01/21 ás 18h:17mim.

A Língua Brasileira de Sinais é usada por milhões de brasileiros de acordo com o IBGE, há mais de dez milhões de pessoas com alguma deficiência auditiva no Brasil, afirma a Deputada Federal Greyce Elias (AVANTE-MG), autora da proposta. A inclusão do ensino de Libras no currículo do ensino fundamental vai auxiliar o desenvolvimento das crianças e é uma importante medida de política pública visando à inclusão das pessoas com dificuldades auditivas na sociedade, avalia. Em análise na Câmara dos Deputados, o texto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), que hoje prevê que o currículo do ensino fundamental inclua obrigatoriamente o ensino de conteúdo que trate dos direitos das crianças e dos adolescentes, com a produção e distribuição de material didático adequado para esse fim. Se o projeto for aprovado, não apenas o ensino de Libras deverá constar como disciplina obrigatória, como também deverá haver produção e distribuição de material didático com esse objetivo. Tramitação A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Educação; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

A VOZ DO POVO.

Todos os direitos reservados ao Site A VOZ DO POVO – É proibido a reprodução deste conteúdo parcial ou total em qualquer meio de comunicação, sonoro, eletrônico ou impresso sem autorização por escrito.

Cruzeiro da Fortaleza: Seja um AVANTE! Procure o Presidente Municipal do Avante para entregar sua ficha e cópia dos documentos. Com a documentação em mãos o responsável no partido oficializará sua filiação por meio do sistema online de filiação partidária Filiaweb. Vém com o AVANTE!!!

CURTIU ? Vai La Compartilhe Nosso Post No WHATS E Nas Redes Sociais

FAZER UM COMENTARIO